10 ANOS

Desde julho de 2007 a debater ideias e a defender causas.

Raif Badawi o Direito de Ser Blogger

Somos todos Raif Badawi, se acreditamos que a liberdade de expessão é um direito inalienável da Pessoa Humana, então todos somos Raif Badawi.

O Humanismo

O Humanismo mais que uma ideologia é uma praxis ao alcance de cada um de nós, somos chamados a fazer o que estiver ao nosso alcance e de acordo com as nossas possibilidades em prol do bem comum.

A Terceira Idade e a Cultura Intergeracional

A revolução grisalha, e a cultura de uma sociedade intergeracional, juntanto-se a todo o conjunto de uma cultura de inclusão, a força da juventude e a sabedoria da idade produzem um mundo novo.

Solidariedade Social

A solidariedade social, mais que comunhão de esforços em prol de causas é o dar-se em prol dos nossos semelhante, é um dos temas centrais deste blog,.

Trabalhos Académicos, do Serviço Social e Sociologia à Ciência Política

Desde 2010 que o Etcetera, disponibiliza para consulta, um conjunto de estudos académicos de várias áreas da ciência, como sociologia, psicologia, ciência política, economia social entre outras.

Sugestões de Leitura - Lista de Livros

Lista de Livros, sugestão dos mais importantes da Literatura Universal e Humanista, o mais importante é ler bons livros e não sermos guiados pelos livros da moda.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Músicas - O Café - Fernando Tordo e Ary dos Santos

As letras de intervenção que enriqueceram muito a música popular portuguesa nos anos 60 e 70 do Século XX, têm um exemplo digno de ser aqui referido, trata-se de Café, interpretada por Fernando Tordo e com Letra de Art dos Santos, que data de 1973, um ano antes do 25 de Abril.

Chegam uns meninos de mota,
Com a china na bota e o papá na algibeira.
São pescada marmota que não vende na lota,
Que apodrece no tempo e não cheira,
Porque o tempo,
É a derrota.

Chegam criaturas fatais,
Muito intelectuais tal como a fava-rica,
Sabem sempre demais,
Escrevem para os jornais com canetas molhadas na bica
E a inveja (sim! A inveja),
É quanto fica.

Como quem está num chá dançante,
Dos velhos de penante, que depenicam uma intriga,
Debicando bolinhos vários, 
Dizem mal dos operarios,
Que são a especie inimiga.

Chegam depois boas maneiras
Com aneis e pulseiras e sapatos de salto,
São as bichas matreiras, que só dizem asneiras,
São rapazes pescados do alto,
E o que resta,
É pó de talco.

Chegam depois os vagabundos
Que por falta de fundos não ocupam a mesa,
Têm olhos profundos vão atrás de outros mundos,
Que pagaram com sonho e beleza
Mas o troco,
É a pobreza.

Chegam finalmente os cantores,
Os que fazem as flores deste mundo de gente,
São os modernos trovadores que adormecem as dores
Numa bica bem quente.





Autor Filipe de Freitas Leal

contador de visitas Leituras visualizações

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Obrigado - O Blog Atingiu Meio Milhão de Visitantes

O Blog Humanista atingiu a cifra do Meio Milhão de Visualizações
O Blog Humanista, que está prestes a completar os seus oito anos de existência, atingiu hoje as 500.000 visualizações, sendo visitado em 173 países, dos 5 continentes, através da página na internet, ou das redes sociais como o Facebook e o Twitter que promovem o blog e o difundem pelos quatro cantos.

A todos que nos visitam, a todos que nos seguem, e a todos que dão o seu contributo com sugestões, criticas ou simplesmente nos divulgam, o nosso muito obrigado.

Por Filipe de Freitas Leal

contador de visitas Leituras visualizações

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Inclusão - Ensino da Língua Gestual nas Escolas

A língua gestual é uma forma de integração e inclusão das pessoas com défice auditivo, pelo que para uma maior e mais eficaz reinserção social, faz-se necessário o ensino da linguagem gestual portuguesa nas escolas, e essa necessidade já começa a ser uma realidade com a inclusão da LGP no programa curricular do ensino secundário, somando-se a isto a criação em março de 2015 da EVLGP a primeira Escola Virtual de Língua Gestual Portuguesa, idealizada pela associação de surdos e que teve apoio pelo I Prémio BPI - Capacitar 2013,  permitindo o estudo desta disciplina num contexto de ensino a distancia (EAD).

No entanto, para além destas e de outras iniciativas, a necessidade de dar apoio a alunos com necessidades especiais, tem vindo a agravar-se, na medida em que em determinados locais, faltam recursos humanos, materiais e financeiros para apoiar os alunos e a formação pedagógica de profissionais como refere o site Observador.pt.

Hiperligações:
Notícias de Coimbra - Escola Virtual de Língua Gestual
Observador.pt - Falta de Recursos para alunos com necessidades especificas.

Por Filipe de Freitas Leal

contador de visitas Leituras visualizações

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

domingo, 5 de abril de 2015

Ambiente - Austrália Abateu Centenas de Coalas

As autoridades australianas reconheceram ter levado a cabo um programa para combater a fome na população de  Coalas, e nesse sentido pretendiam evitar o sofrimento optando por abater cerca de 700 desses marsupiais, o que parece ser um contra censo, para impedir que morram à fome não terá obviamente uma única alternativa, porque não criar mais áreas verdes? O abate ocorreu em 2014, e foi feito com recurso a técnicas de eutanasia.

Por Filipe de Freitas Leal

contador de visitas Leituras visualizações

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

Café - Um Ato Social e Cultural

O café, é hoje uma bebida consumida em todo o mundo, e que engloba não apenas o requinte de uma bebida quente após as refeições, ou em momentos de pausa, tendo hoje um aspecto cultural e social muito forte que se sente nas relações entre as pessoas, daí que o café seja hoje uma bebida a estudar em sociologia, pela sua simbologia, sendo abordado pelo sociólogo estadunidense Anthony Giddens, no seu livro "Sociology", onde refere a simbologia do café, como um ritual social, sendo um elo de ligação, quando se toma café, não se está apenas a beber, mas a criar um elo de ligação entre as pessoas, ou a propiciar o inicio ao diálogo, bem como oferecer café é considerado um ato de hospitalidade e boas vindas, desde há muitas gerações.
Outrora o café foi também motor da economia de alguns países como o Brasil, onde se desenvolveu a chamada política Café com Leite, que mais não era que a alternância do poder político da agricultura cafeeira do Estado de São Paulo, e os políticos da agropecuária leiteira do Estado de Minas Gerais.

Autor Filipe de Freitas Leal

contador de visitas Leituras visualizações

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

sábado, 4 de abril de 2015

Epidemia da Dengue - O Brasil em Alerta

A epidemia da Dengue voltou ao Brasil, e desta vez com força, tendo em conta o retorno do subtipo 1 e do aparecimento do tipo 4 do vírus da Dengue, após ter sido erradicada por uma decada, os estados da Região Sudeste do Brasil são os mais atingidos, como Espirito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo, sendo este ultimo o mais afetado, tendo 283 cidades em alerta maximo e confirmadas 70 mortes causadas pela Dengue, Dengue Hemorrágica e a a Febre Chinkununya.
Que são provocadas pela picada do mosquito "Aedes Aegypti".


Por Filipe de Freitas Leal

contador de visitas Leituras visualizações

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.